Do jeito que veio ao mundo

Um cliente pediu seu espresso.

A barista perguntou: simples ou duplo?

Ele respondeu: como veio ao mundo.

Fiquei observando. Ele explicou. “Simples, como veio ao mundo. O duplo, ristretto, cappuccino, são coisas que vieram depois”.

Esse cara contou que frequenta o Santo Grão desde o primeiro sábado que abriu, lá em 2003. Perguntei:

“E o que você me diz do Santo Grão, desde quando veio ao mundo até agora?”.

“Talvez você ache isso estranho, mas acho que ele continua como veio ao mundo na essência. Quando eu entro, a equipe alto astral, o atendimento… tudo isso me faz ter a aquela sensação da primeira vez. É incrível como em todos esses anos evoluiu, sim. Móveis mudaram. E essa cultura se manteve”.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Você também pode gostar:

Como estamos nos adaptando

Há alguns meses, em uma das reuniões de gerentes gerais, o Danilo (gerente das unidades Vila Madalena e de Moema) compartilhou um fato: “algumas pessoas

Leia mais »